O dia em que fui parar na prisão

Calma, não é nada disso… O Mochilão visitou a ilha de Alcatraz, uma antiga penitenciária de segurança máxima que foi desativada e transformada em atração turística de San Francisco. Tema de filmes como “A Rocha”, Alcatraz está localizada a apenas 2,4km da praia e abrigou bandidos do calibre do mafioso Al Capone. Houve várias tentativas de fuga, mas somente em uma delas os três criminosos não foram capturados.

O ferry chega à ilha de Alcatraz cheio de turistas

Mas o interessante aqui é observar como os americanos são extremamente criativos quando o assunto é turismo: ao chegar à cadeia, todos os visitantes recebem fones de ouvido e um guia de áudio em várias línguas – inclusive em português! Você realmente se sente parte daquele ambiente, o que valoriza muito a visita. Por isso, não deixe de passar em Alcatraz quando for a San Francisco. O ticket inclui a viagem de ferry boat até a ilha e custa a bagatela de US$ 26, mas é uma atração que eu recomendo!

Em Alcatraz, todo mundo pode imaginar o que é ser um prisioneiro

San Francisco está a menos de 3km da ilha de Alcatraz... olha essa vista!

Pedalando na Golden Gate Bridge

Outra experiência inesquecível em San Francisco foi uma dica da amiga Verônica Soares: junto com dois amigos do hostel (o sueco Matt e o alemão Sebastian), alugamos uma bike e pedalamos do Pier 39 até o vilarejo de Sausalito, passando pela Golden Gate Bridge. É até difícil descrever a sensação de estar no alto daquela ponte gigantesca, no meio de uma ventania que chegava a dificultar as pedaladas, e ver o Oceano Pacífico lá embaixo refletindo a pouca luz do sol que vencia a neblina intensa daquele dia.

Matt e Sebastian, os colegas de pedal

Como tudo em San Francisco, o aluguel da bicicleta é caro (até mais do que em Nova York): São US$36 pela bike e mais US$11 do ticket do ferry que te traz de volta de Sausalito. Uma boa dica é pegar um livreto de cupons nas caixinhas que ficam no calçadão do Fisherman’s Wharf, pertinho da loja onde alugamos as bicicletas. O desconto com o cupom é de US$5 por bike!

Andando de bonde

Como San Francisco é uma cidade cheia de morros altíssimos, os bondes (aqui chamados de cable cars) eram parte essencial do sistema de transportes no início do século passado. Hoje em dia eles são utilizados somente pelos turistas – é praticamente impossível ver um morador daqui pegando o bonde, porque os trajetos são muito curtos e a passagem é cara (US$ 6 por viagem ou US$ 12 pelo passaporte diário com viagens ilimitadas). Apesar das longas filas para entrar no carrinho, do excesso de paradas e da experiência totalmente turística, a viagem é muito divertida. Ir em pé nas laterais é ainda mais legal!

De bonde em San Francisco: dá até pra ver o Pacífico lá no final do morro

A praça dos chocolates

A Ghirardelli Square fica no caminho para a Golden Gate Bridge. Uma fábrica de chocolates tradicional da cidade funcionava neste local, que hoje virou um ponto turístico com três lojas que vendem o produto e outras dezenas de estabelecimentos. A dica aqui é passar na loja maior da Ghirardelli (essa da foto acima) e pegar a amostra grátis que a mocinha te entrega assim que você entra. Depois é só sair pela porta da outra ponta e matar sua vontade de doce sem precisar gastar um centavo!

Na Ghirardelli Square você também vai encontrar souvenirs, restaurantes, cupcakes como este... nham!

Uma cidade feita para o turismo

Apesar de atrações autênticas como a Golden Gate Bridge, Chinatown, Alcatraz e os cable cars, a cidade também tem algumas armadilhas para turistas. São aqueles locais em que tudo é caro e não há nada tão interessante ou que valha o preço cobrado. Por um lado, é importante ver como San Francisco conseguiu criar uma fama que atrai milhões de turistas todos os anos, mas ao mesmo tempo é meio frustrante perceber que locais como Fisherman’s Wharf e o Pier 39 são considerados pontos turísticos. Um típico hot dog americano – pão seco com linguiça fininha – é vendido por US$ 5. E pelo que ouvi dos colegas que pagaram os ingressos das “atrações” da área é tudo meio tosco, do Aquário ao Museu de Cera. Se vier a San Francisco, cuidado para não torrar sua grana nesses locais!

O Pier 39 parece a orla de Búzios, mas não tem o mesmo charme

O Brad Pitt deste museu de cera usa jaqueta de napa e camisa do torra-torra

O Mochilão está quase encerrando sua passagem pelos Estados Unidos. O próximo post traz as últimas histórias de San Francisco. Não perca!

Anúncios
Esse post foi publicado em EUA e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para O dia em que fui parar na prisão

  1. Xênia Marçal disse:

    Nossa Fellipe!! Que vida boa essa de mochileiro hein!!
    Alcatraz é tão interessante!!! Achei um máximo quando tive a oportunidade de conhecer.. Só que, na época, não tinha áudio em português não… hehehe.. só em inglês e espanhol…
    E vá aproveitando todos os momentos!! Acredito que muitos gostariam de fazer que nem vocês está fazendo… Acredito que sua bagagem de conhecimento será infinitamente maior quando voltar ao Brasil (sabe-se lá quando!)…
    Aproveite!!
    Beijos!

  2. Kecia disse:

    Conheci ontem o seu blog e já estou seguindo pq quero acompanhar todas as suas aventuras!
    Já li todos os posts ontem e hoje já voltei para ver se tinha mais… (fiquei viciada…rss)
    Parabéns pela forma envolvente de narrar o seu dia a dia, eu me senti “turistando” junto com vc.
    Boa sorte nessa empreitada e muito sucesso!!
    Claro, repleto de posts novos para nos divertirmos enquanto vc viaja!
    Um abraço!!
    Kécia-BH

    • Fellipe Faria disse:

      Que coisa boa receber um comentário como esse, Kécia! Tô me ajeitando aqui em Hong Kong, mas assim que sobrar um tempinho posto as últimas histórias de San Francisco… pode me cobrar! =D

  3. Rodrigo Rocha Ramalho disse:

    Comecei hoje a ler, ainda estou meio confuso com a quantidade de informações que perdi. Mas estou adorando o blog e suas historias. Parabéns Fe!

  4. Neli Cerqueira disse:

    Adorei a “carinha” de presidiário rsrsrssr
    Estou acompanhando todas sua aventuras e adorando.
    Bjs

  5. Renata N Oliveira disse:

    Turista tem que gastar, meu bem!! Super Divertida a viagem !! Super vontade de conhecer San Francisco … Curta tudo !!!!

Comentários, sugestões, dúvidas? Respondo a todos!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s