O que levar no mochilão?

A mochila será minha principal companhia nos próximos meses. Para um adepto do consumismo como este jornalista, decidir o que levar ali dentro é uma tarefa ainda mais complicada. Como vocês já sabem, não sou o mochileiro mais experiente do mundo. E já viram neste outro post que a mochila comprada num outlet em Buenos Aires foi meu primeiro investimento nesta viagem. Como as dicas do blog do Ulisses Okamoto e de outros aventureiros me ajudaram muito, decidi também mostrar o que estou levando nas costas – tudo devidamente ilustrado. Tenho certeza que vou acabar me arrependendo de algumas escolhas e, principalmente, de alguns excessos. Mas enquanto o sofrimento de alguns quilinhos a mais for suportável vou apostar na máxima “melhor sobrar que faltar”. Acompanhem aqui o que está indo. Daqui a alguns meses, vamos ver o que está voltando…

Vestuário

  • 1 par de havaianas (embaladas em saco de tecido)
  • 2 pares de tênis (um deles nos pés e o outro embalado em saco de tecido)
  • 7 cuecas
  • 7 pares de meias
  • 1 par de luvas
  • 1 cinto
  • 1 short
  • 1 sunga
  • 3 bermudas de surf
  • 1 bermuda cargo
  • 1 calça esportiva
  • 1 calça de pijama
  • 1 calça jeans
  • 2 camisas de botão
  • 2 camisas pólo
  • 10 camisetas
  • 1 regata
  • 1 moleton

 Nécessaire

  • 3 perfumes armazenados em porta-perfumes O Boticário (R$ 15 cada, mas é um achado indispensável para quem não vive sem perfume e quer amenizar a carga)
  • Barbeador e refis
  • Escova, pasta e fio dental
  • Protetor solar
  • Desodorante
  • Higienizador de mãos
  • Colírio
  • Repelente
  • Cortador de unha
  • Sabonete
  • Shampoo e condicionador
  • Pomada para cabelo
  • Preservativos

Acessórios

  • Óculos escuros
  • Lacres (vão ser muito úteis para lacrar a mochila quando ela for despachada)
  • Cadeado TGA (a fiscalização do aeroporto não precisa danificá-lo caso abra sua bagagem)
  • Sacos de lixo (utilidades diversas)
  • Caderno de anotações + caneta
  • Joelheira (de vez em quando minha artrite ataca)
  • Minibolsa impermeável
  • Adaptador universal de tomadas
  • Corda de varal (dizem que é útil, como é leve e não ocupa espaço tô levando)
  • Fita isolante (idem)
  • Máscara para dormir e tampões de ouvido (estes fazem muita diferença, seja no avião, no busão ou no hostel)
  • Canivete suíço
  • Bandeira do Brasil
  • Toalha absorvente (essa toalha da Speedo absorve mais e pode ser guardada molhada)
  • Cobertor de emergência
  • Relógio
  • iPod + braçadeira + carregador
  • Câmera + carregador + cabo
  • Smartphone
  • Pen drives
  • Gympack (como dei mole de comprar um mochilão sem daypack, improvisei para garantir a bagagem de mão).
 Kit-emergência

  • Cotonetes
  • Band-aids
  • Lenços de papel
  • Tampões de ouvido
  • Dramin (evita enjôos e derruba qualquer leão)
  • Polaramine (antialérgico)
  • Omeprazol (para azia)
  • Sulfatomexazol (para dor de barriga)
  • Paracetanol (analgésico)
  • Rehidrat (soro)
  • Decongex (para sinusite)

Money-Belt

  • Cartões de crédito e VTM
  • Passaporte
  • CNH
  • Dinheiro em cash
 Pasta de documentos

  • Cópia do passaporte
  • Cópia da CNH
  • E-tickets dos voos
  • Vouchers dos hostels
  • Certificado do seguro de viagem
  • Cartão Hostelling International
  • Certificado de vacina contra febre amarela
  • Extratos bancários (poupança, cartão de crédito e Visa Travel Money)
  • Fotos 3×4 e 5×5
  • Guias rápidos de viagem

É hora de arrumar a mochila!

Para quem viaja com uma mala daquela de rodinhas, há dezenas de tutoriais pela Internet explicando a melhor forma de aproveitar os espaços. Para encher um mochilão vi pouca coisa, como este vídeo:

Como já disse no início do post, não sou um packing-expert. Mas vou mostrar como consegui colocar tudo no mochilão, de forma aparentemente satisfatória (acho que só vou saber mesmo depois de ter que desfazer a bagagem umas cinco vezes):

Etapa 1

No fundo vão os acessórios menos utilizados (devidamente embalados) e calçados. Em seguida, calças e bermudas. Camisas e camisetas por cima, cobertas por cuecas e uma toalha.

Etapa 2

Acessórios mais utilizados e o kit emergência vão no bolso superior. A nécessaire também fica em local de fácil acesso. Na gympack, que é também a bagagem de mão, vão os eletrônicos (embalados para facilitar), caderno de anotações, máscara, óculos escuros, lenços, um moleton e a pasta de documentos.

Voilà! Dizem que o peso da mochila não deve ultrapassar 10% da sua massa corporal (no meu caso, algo entre 7,5 e 8kg). E por isso tô com medo de pesar esse trambolho, porque tenho certeza que essa criança não tem menos de 15kg! Quando passar por uma farmácia conto pra vocês.

O Mochilão está pronto para embarcar… mas e o mochileiro? Saiba tudo sobre a despedida do Brasil no próximo post!

Anúncios
Esse post foi publicado em Plano de viagem e marcado , , , . Guardar link permanente.

18 respostas para O que levar no mochilão?

  1. Vinicius Peres disse:

    Muito boas as dicas! Eu sou um mochileiro iniciante e começarei pela Costa Rica. Por isso, tenho pesquisado bastante sobre ”o que levar na mochila”. Parabéns, pois achei o seu post o melhor de todos. E, uma dúvida: soube que na Costa Rica o clima é bem variado e, como eu pretendo caminhar bastante pelas trilhas de lá, não queria levar muitas roupas de frio para não pesar a mochila; o que me aconselha? Obrigado 🙂

    • Fellipe Faria disse:

      Vinicius, sugiro levar uma blusa “segunda-pele”, mais fininha, que cobre bem o corpo, e também uma jaqueta corta-vento dessas estilo The North Face. Essas roupas não pesam e dão uma boa segurada. Mas é sempre bom contar com o pesinho de UMA blusa ou jaqueta mais forte pra friaca. Não dá é pra ter vaidade querendo uma jaqueta pra cada dia pensando na variedade de fotos… isso dá merda e dor nas costas, hehe. Abraço e boa sorte na Costa Rica, é lindo demais por lá!

      • Vinicius Peres disse:

        Obrigado, pela dica, já coloquei na mochila! Hahaha E vendo alguns outros posts seus, descobri que você é de Juíz de Fora! Sou (ou melhor, não sou, mas moro) aqui nessa maravilha de cidade mineira. Minha viagem para a Costa Rica já é amanhã, e a dica que eu peço agora é: como segurar o nervosismo da sua primeira viagem como mochileiro? Hehe Um dia rodarei o mundo, assim como você. Abraço!

  2. Que inveja da sua mala Felipe. Para minha última viagem (em maio), tive que fazer uma “simulação de mala”, pois vi que a lista já tava ficando grande para o tamanho do mochilão em si (só 48l). Como foi para a Tailândia, consegui aproveitar que roupas leves não ocupam muito espaço e fiz tb alguns truques de combinações (coisas de mulher rsrs). Parabéns! Posts desse tipo são sempre mt úteis!

    • Fellipe Faria disse:

      Jessica, adorei seu sobrenome! E a simulacao de mala eh classica, eu tambem fiz duas antes de chegar a essa versao final do post haha! Saudade da Tailandia. Bjo!

  3. Mariana disse:

    Excelente Post! Ajudou muito!! Felipe, qual foi o peso aproximado de tudo isso?
    Obrigada pelas dicas, Abraços

    • Fellipe Faria disse:

      Mariana,
      Saí do Brasil com 18kg no total. Mas ae você coloca as coisas principais numa bolsa separada, levada no tórax, e nem fica tão pesado.
      É claro que não dá pra caminhar quilômetros com esse peso todo nas costas, mas ao longo da viagem você acaba pegando o jeito e jogando o que não importa fora (pratique o desapego, haha!). Abraço!

  4. Sillas Neves disse:

    Boas dicas! Foram muito úteis para o meu planejamento inicial!

  5. disse:

    Oi Fellipe, tudo bem?
    Queria saber o que você se arrependeu de ter levado e o que você se arrependeu de não ter levado! To pra arrumar minha mala em breve… rs… bjosss!

    • Fellipe Faria disse:

      Oi, Nã!
      Em fevereiro vou fazer um post mais completo com essas e outras conclusões, mas já adianto algumas dicas:
      Com relação ao vestuário eu levaria só um tênis preto e o chinelo e deixaria mais espaço para roupas (muito mais baratas que no Brasil) que comprasse pelo caminho de acordo com o clima (regatas no calor da Tailândia, jaquetas para a Europa, etc.). O que eu acho é que devia ter levado a mochila mais vazia, porque comprar tranqueiras pelo caminho é inevitável!
      Coisas imprescindíveis para mim que outros mochileiros conseguem viver sem: o dramin, a máscara de dormir, a toalha e a calça jeans. Algo que não levei mas que fez falta depois dos esfolados da Tailândia: merthiolate, algodão e gaze para fazer um curativo rápido (sei lá se eu levaria hoje também, talvez ocupe muito espaço). Ah, porta-perfume só vale a pena para viagens de duração curta, eu devia ter levado um vidro do meu preferido mesmo. Todos os documentos que citei foram importantes, não esqueça deles pra evitar dor de cabeça!
      Boa sorte!!!

  6. Thiago disse:

    Eu uso como regra levar na mochila só coisas impossíveis / inviáveis / muito caras de comprar durante a viagem. Então em geral levo poucas roupas, itens de higiene e remédios. De qualquer forma, bem legal as dicas

    • Fellipe Faria disse:

      Ainda vou conseguir atingir esse nível de desapego, Thiago… não sou um mochileiro dos mais experientes, por isso daqui a pouco vou ter que começar a doar parte das minhas roupas mesmo… valeu pela visita e pelo toque! Abraço

  7. Aline Almeida disse:

    adoreeei! Mas como sou mulher, queria uma mochileirA pra me passar umas dicas tb, hahaha

    • Fellipe Faria disse:

      Aline, o blog Saia Pelo Mundo, que está linkado aí à direita, tem muita dica pras mochileiras do Brasil… dá uma passadinha por lá que com certeza você vai encontrar algo legal! Abraço

  8. cerejao disse:

    Gostei das dicas, só cuide com a medicação escolhida, Sulfametoxazol, por exemplo, é um antibiótico e não deve ser usado de rotina. Omeprazol só adianta se tomado em jejum, por isso é melhor preferir Ranitidina e sal de fruta pra azia e dor de estômago…

    • Fellipe Faria disse:

      Valeu pelo toque, cara! Por enquanto só usei o Dramin mesmo (santo remédio), mas vou anotar aqui, porque toda mãe acha que é médica, cê sabe, né? Abraço!

  9. Luan disse:

    Boas dicas!

Comentários, sugestões, dúvidas? Respondo a todos!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s