O mochileiro

Welcome aboard!

Fellipe é jornalista, tem 25 anos e, nesse verão, decidiu fazer algo diferente: vai abandonar o país, o emprego, a família e os amigos para conhecer melhor este planeta. Como a Internet ajudou bastante no planejamento dessa maluquice, inventou de criar este blog pra divulgar os causos de um mineiro pelo mundo e ajudar outros doidos a concretizar o sonho da volta ao mundo – que, acreditem, não é tão incomum nem tão inatingível.

64 respostas para O mochileiro

  1. Eduardo disse:

    Feliipe, tudo bom?
    Poderia, por favor, informar qual foi o hostel que você se hospedou em Cingapura?
    Sugere ele para uma estadia de alguém indo sozinho (e precisa fazer umas amizades!)?
    Abs e parabéns.

  2. Christian disse:

    Site para que vai fazer a trip Peru Bolivia Chile tb:
    http://www.30diastrip.blogspot.com

    • Fellipe Faria disse:

      Christian, o fundo do seu blog não tá dando leitura! Sugiro botar uma foto de cabeçalho e deixar o fundo de leitura com uma cor básica. Depois vou ler com calma! Grande abraço

  3. Matheus disse:

    Fala, Felipe! Muito bacana todas suas histórias do mochilão. Eu sempre tive o sonho de fazer um mochilão, junto grana tem bastante tempo, e penso em fazer um mochilão de dois meses focando principalmente nos países europeus. Gostaria de saber se você sabe quanto mais ou menos se gastaria em uma viagem assim, com essa duração? E gostaria de saber também se você acha que a idade pode ser um obstáculo, já que hoje tenho 17 anos, e penso em fazer daqui a 2 anos, ou talvez só depois que me formar na universidade. Desde já, agradeço.

    Matheus

    • Fellipe Faria disse:

      Fala Matheus!
      A idade certamente não seria um problema pra viajar, mas pra beber pode ser que alguns países só permitam com 21 anos.
      Para os custos da viagem que você descreveu, eu imaginaria algo em torno de R$ 3000 pra passagem, R$ 1500 de hospedagem por mês, R$ 1000 de alimentação por mês e mais uns R$ 1000 de lazer e transporte interno. Em 2 meses, isso daria menos de R$ 10 mil. Mas tem gente que gosta de ir a tudo que é museu, fazer compras nas Galerias Lafayette, ficar em um super hostel ao lado da London Eye… então tem que adequar seus planos, saca?
      Boa sorte!

  4. Odilon Silva = RJ disse:

    Maravilha Felipe, cheguei as minhas conclusões, boa sorte, muita emoção na tua próxima aventura.

  5. Odilon Silva = RJ disse:

    Tudo bem FELIPE. Gostaria de algumas informações sobre o continente asiático. É realmente fascinante, conhecer Tailândia, Camboja, Indonésia, qual é o ponto alto em fazer turismo nessa região. A culinária é boa, dizem que as praias sao maravilhosas, com águas quentes, é verdade isso.

  6. Odilon Silva = RJ disse:

    Vou relatar minha viagem inesquecível, numa dessas viagens de inferno, coloquei meu mochilão nas costas, cair dentro das estradas mineiras. Sair aqui do RIO DE JANEIRO direto para juiz de fora, de lá fui para Barbacena, finalmente cheguei em Tiradentes, fui para SÃO João del rey, de lá para Ouro branco, dei uma parada em Congonhas do campo, finalmente cheguei em Ouro preto. De lá seguir para Sabará, passando em Acaete, fui para Conceição do mato dentro, passando pela serra do cipó, fui para gostosa Diamantina, chegando no antigo município de Serro. Náo muito satisfeito, estiguei até o sul de minas, onde conheci São tome das letras, Três corações, Varginha, Cambuguira, Alfenas, Guaxupe, Poços de caldas, São Loureso, Lambari, Caxumbu, Conceição de ibitipoca, Larvas. Meu destino foi o triângulo mineiro, onde conheci Uberlândia, Uberaba, Araxá, isso sem falar, as centenas de outros municípios menores que ao longo dessa viagem naturalmente íamos conhecendo, tudo isso arregado na deliciosa culinária mineira, essa viagem foi maravilhosa, inesquecível.

  7. Thalita disse:

    Felipe, quanto vc gastou exatamente neste roteiro? Se vc puder responder claro, rs.

    Quero ter uma noção de valores, para poder me programar..E qual o valor mínimo que vc acha possível para mochilão? Eu quero buscar as situações mais simples nas cidades, albergues mesmo, economia total e poder viver essa experiência cultural.

    Muito obrigada!

    • Fellipe Faria disse:

      Thalita, gastei cerca de R$ 24 mil durante os cinco meses em que viajei. Eu poderia inclusive ter gasto menos se no tivesse feito os cursos que fiz e se dedicasse mais tempo sia que a etapa final que passei na Europa. Beijo!

      Em 26 de dezembro de 2013 16:10, O Mochilo

  8. Thalita disse:

    Felipe, adorei seu blog!!

    Penso em fazer um mochilão com um amigo, largar tudo igual vc fez. Pensamos até em ficar mais tempo tipo uns 6 meses até 1 ano. Cogitamos de encarar tudo simples, hostel mesmo e desenrolando nos locais, dependendo se conseguirmos até emprego também pra ajudar no financeiro. Você acha isto tranquilo?
    Pensamos por Europa.. mas o que vc acha em conta? Vc que já viajou muito pode dar essas dicas.
    Não temos muita grana, mas queremos tentar essa doideira..

    Obrigada pela ajuda!

    • Fellipe Faria disse:

      Thalita, eu acho bem tranquilo – afinal, foi o que eu fiz e não me arrependi nem por um instante. Eu só expandiria os horizontes. Seis meses só na Europa é muita coisa. Eu não deixaria de ir para a Ásia, até porque em viagens longas assim compensa pagar a perna até lá, já que tudo lá é tão barato que você consegue passar um mês com mil reais vivendo bem. Se tiver dúvidas mais específicas, pode perguntar! Beijo

  9. Carla disse:

    Olá, Fellipe.

    Parabéns pela sua coragem!!!!!! Vc fez o que muitas pessoas querem fazer, mas não tem coragem. Eu e o meu marido queremos ficar uns 2 meses na África do Sul. Sempre sonhamos em viajar pra lá e agora surgir uma grande oportunidade que vai nos ajudar a realizar esse sonho. Estamos pensando em fazer um intercambio e passeios integrados. Confesso que estou com medo de tomar essa decisão. Fico entre o emprego estável e a vontade de cair no mundo e realizar um sonho. Penso que é agora ou nunca, pois quanto mais tempo eu ficar no emprego, serão mais promoções e aumentos, o que me deixará mais enraizada. E depois eu vou querer filhos e ai posso dar adeus de vez ao sonho de pé na estrada. Mas a insegurança de largar tudo em busca do desconhecido é grande. Tenho medo de que no futuro seja uma pessoa frustrada por ter me apegado a estabilidade, emprego e salário e não ter realizado os meus sonhos. Bom a vem a pergunta, quanto vc acha que vamos gastar para nos manter lá por dois meses, sem deixar de lado é claro a diversão: Safaris, fazer a rota jardim, vinícolas, visitar a praia dos pinguins e fazer tudo o que a África pode nos proporcionar?

    Abços, Carla

    • Fellipe Faria disse:

      Carla, a resposta para a primeira incerteza eu já tenho: VAI!
      Esse arrependimento de que tu fala é a pior coisa que nos pode acontecer. Tenha a certeza de que no retorno tudo vai dar certo e novas possibilidades de trabalho vão aparecer, mas essa chance de ir agora com as possibilidades e ainda a companhia de alguém que é importante pra ti não vão acontecer de novo.
      Para a dúvida sobre a África do Sul, sugiro abrir uma conta no mochileiros.com e perguntar aos usuários de lá. Eu não fui para o continente africano e não tenho a MENOR ideia do custo das coisas por lá! Um abraço e boa sorte!!!

  10. Jonatas disse:

    Bom dia Fellipe, achei mto interessante os post comentados e as dicas de viajem, estou pensando em fazer uma viajem para Melbourne Australia, a cidade me atraiu, pontos turísticos, forma em que se vive, etc… Porém estou pensando em fazer ao termina a faculdade em 2015, estou já esperando gastar 20.000 em 2 meses e se der, ficar um pouco mais rsrsrs’ porém acho que conhecer alguém que já esteja morando em albergue que possa ter da um “norte” quando chegar é de grande importância. Oque vc acha sobre essa estimativa?

    • Fellipe Faria disse:

      Jonatas, 20 paus é MUITO dinheiro! Gastei 24 mil durante os cinco meses que viajei, então acho que sua estimativa tá bem conservadora, hehe. A ideia de conhecer alguém em um albergue é muito boa e muita gente acaba morando nos hostels australianos – vários amigos fizeram isso, porque são muito bons por lá. Abração!

  11. Cíntia Frazão disse:

    Olá Fellipe !!

    Descobri por acaso o seu blog e fiquei apaixonada !! A forma como você descreve os roteiros e as legendas de casa foto é de uma simplicidade tão grande que contagia, além da beleza das fotos que, em alguns momentos, nem precisam de legendas, bastam ser sentidas com o coração. Continue viajando, descobrindo lugares inusitados e que estes continuem contribuindo para o seu crescimento pessoal e profissional. Continuarei acompanhando a sua trajetória de vida e viajando junto, tomando coragem pra embarcar numa aventura como essa, quem sabe breve…. Fica com Deus !!! Cíntia Frazão

    • Fellipe Faria disse:

      Cintia, que bom que gostaste do blog! Adorei seu comentário e me senti realmente feliz por ter compartilhado um pouquinho da alegria que vivi nesses meses com outras pessoas como você. Um beijo!

  12. Larissa disse:

    Fellipe,

    Tudo bem?

    Vou agora com um amigo para Portugal, Espanha e Itália.

    Tenho visto que a maioria das pessoas calcula um gasto diário de 60 euros. Você considera esse valor razoável? Estou me baseando nesse valor, mas o euro está tão caro que me deixa um pouco preocupada!

    Agradeço as dicas!

    • Fellipe Faria disse:

      Oi, Larissa!
      É a pior resposta, mas… DEPENDE! :P
      Se você for ficar em quarto misto com 10 pessoas (tipo eu), tem hostel de 15 euros nesses locais. Se for pra ficar em quarto privado, pode aumentar suas previsões.
      De maneira BEM econômica, Itália você consegue passar com uns 40 euros por dia. Médio, realmente uns 60. Mas Portugal todo mundo diz que é bem mais barato (eu não fui, então não sei detalhes). Espanha é pouco mais barata que a Itália. Mas com a delícia que é a fatia gigante de pizza italiana a 3 euros (mais uma boa garrafa de vinho no mercado a 5 euros), é fácil economizar e se divertir!!! :D
      Boa viagem!!!

      • Larissa disse:

        Oi Fellipe, a gente conseguiu fechar a maioria dos albergues com 6 pessoas. Assim economizamos! Mas estava preocupada com os gastos diários de alimentação, lazer, essas coisas. Mas sua resposta ajudou bastante! Muito obrigada! Abraços!

  13. Lucas disse:

    Olá Fellipe tudo bem?!!!
    Pretendo viajar em Janeiro 2014 usufruindo minhas ferias do serviço e faculdade. Serão 30 dias. Estava procurando fazer intercambio para estudar inglês e os gastos ficariam em torno de 10mil reais. Pensei bastante e conclui que estudar inglês durante 4 semanas é pouco tempo ´, é muito corrido é muita pressão. Então desisti de ir pro Canadá passar um frio do cão estudando inglês achando que vai mudar minha vida e decidi fazer um mochilão. Até então estou sozinho nessa empreitada! Minha ideia é curtir uns 20 dias e preciso de dicas para onde ir, EUROPA? Africa do sul? America Latina? eu quero aventuras rsrs.. e depois a questão de documentação cash cartao de cash, carteira de vacinação(dependendo do país será exigido) .!!!

    • Fellipe Faria disse:

      E aí Lucas, beleza? To no Peru, entao nao repare a falta de acento! Olha so, ta um pouco em cima pra conseguir planejar um mochilao bem economico. Se eu fosse voce, com R$ 10 mil eu faria o seguinte: iria para o Sudeste Asiatico. La eh tudo muito barato. Voce gasta bastante com a passagem pra chegar la (uns R$ 4 mil hoje ida e volta, imagino), mas com mais uns R$ 3 mil vc consegue aproveitar um mes passeando por Tailandia (e suas praias), Indonesia, Laos, Camboja e ate Singapura se quiser esbanjar um pouquinho. So que pra fazer isso e conseguir socializar com a galera do hostel vc precisa de um ingles medio. Depois de um mes seu ingles tera evoluido tanto quanto se fizesse um mes de aula, sem exageros. O mochilao pra Europa eh bem legal, mas pra encaixar no teu orcamento (principalmente faltando so 4 meses), eu ja compraria as passagens, me prepararia pra viajar de bus e daria preferencia a paises mais baratos (Portugal, Espanha, Italia). Se tiver alguma duvida mais especifica com relacao as outras coisas manda outro comentario! Abracao

  14. Fátima Leite disse:

    Olá,Fellipe.
    Entrei, por mero acaso, no seu blog, que irei ver/descobrir, com mais atenção, um dia destes, pois o que já visionei, agradou!
    Escrevo para lhe dizer, caso ainda não tenha descoberto, a importância da parede que se encontra no interior da Basílica de São Pedro no Vaticano, e que todos os peregrinos fazem questão de tocar.
    Tenho a certeza que o Fellipe visionou a Porta Santa, que se encontra no átrio de entrada da Basílica (do nosso lado direito) e que é aberta,apenas e só, nos anos do Jubileu!
    Pois é por trás dessa parede interior,que se encontra a dita Porta Santa.
    A parede será derrubada durante o próximo Ano Jubilar,para permitir o acesso a quem lá se deslocar,em busca de indulgências.
    Digamos que, assim, não há a tentação de “alguém” se lembrar de a abrir!
    Sempre que a sua vida pessoal e profissional lhe permitir,continue actualizando este seu “tesouro”!
    Obrigada pela partilha,
    Fátima

  15. Bruna disse:

    Oi Felipe!
    Quero muito fazer o mesmo o que você fez, mas nem sei por onde começar. Sei que a internet está repleta de dicas e afins, mas sinto necessidade de conversar e ter uma proximidade maior com quem já viveu isso de verdade. Talvez isso me ajude a tornar esse meu desejo mais real e possível. Acho que preciso me sentir “mais próxima” disso.
    Será que podemos trocar e-mails?

    Obrigada!

    • Fellipe Faria disse:

      Oi, Bruna! Normalmente peço pras pessoas escreverem suas dúvidas ou anseios por aqui, porque aí acaba ajudando outros viajantes com as mesmas dúvidas. Não posso deixar meu e-mail aqui, porque senão as ferramentas de spam me pegam. Me segue no Twitter que a gente conversa por DM, pode ser? Abraço!

  16. Rapaz, muito bom o seu blog (e suas fotos). Já fui pra uma caralhada de lugar, mas nunca fiz um RTW e tenho MUITA vontade, infelizmente a grana é curta e eu tenho outras prioridades no momento, mas uma hora eu consigo. Parabéns pelo jeito que escreve, leve, simples e bem humorado, morri de rir com as situações que você passou, especialmente a do monge (típica coisa que também faria… hehehe).
    Uma pergunta, como você fez com as fotos da viagem? Levou câmera profissional ou os locais são bonitos o suficiente pra ficar tudo 10? Eu sempre viajo acompanhado e fico pensando como vou fazer se fizer uma RTW sozinho.

    • Fellipe Faria disse:

      Valeu, Lucas! Cara, eu levei uma sony portátil, mas não era semiprofissional não. Comprei a melhor portátil da Sony no Paraguai pra não ficar muito chateado em caso de perda, defeito ou roubo. E acho que as fotos deram conta do recado, hehe. Agora, tem gente que gosta de uma semi, a fotos sem dúvidas ficam melhores, mas tem que avaliar o peso e a preocupação. Abraçao!!!!

  17. Cinthya Kera disse:

    Olá Fellipe, como vai? Estou planejando o meu mochilão pelo Brasil.. sou nova nisso mas sonho em cair no mundo e conhecer tudo! Eu gostaria de saber, se tem algumas dicas assim que são fundamentais no mochilão? (desde a mochila a utensilios úteis e tal..)

  18. Ana Paula Magalhaes disse:

    Oi Felipe, hj é o primeiro dia do meu planejamento concreto de volta ao mundo. E dando uma olhada nos sites olha quem eu encontrei… VC! Te conheço de JF da Intecoop e nem sei se vai lembrar de mim mas quero muito trocar ideias com vc. To orgulhosa de ter conhecido alguém q saiu de JF (vc sabe como isso é difícil né) e realizou um sonho tão grandioso. Parabéns garoto e vamos trocando…

    • Fellipe Faria disse:

      Ana, claro que lembro de você! Me adiciona no Facebook que a gente troca umas ideias… beijão e muito sucesso na sua viagem, tenho certeza que você vai curtir tanto quanto eu. Beijo!

  19. Mari disse:

    Oi Fellipe,
    Estou pensando em ir para a Tailândia com apenas uma amiga, mas estou meio preocupada com a violência por estarmos em apenas duas mulheres. O que você acha?

    • Fellipe Faria disse:

      Mari, a Tailândia não é conhecida por ser um país violento, mesmo com tanta gente na linha da pobreza. Vi muitas meninas viajando sozinhas por lá e nunca ouvi nenhum caso de ataques semelhantes ao da van no Rio de Janeiro, que provavelmente deixou vocês e suas famílias impressionadas. Infelizmente o Brasil é muito menos seguro que a Tailândia, então pode ir tranquila (lógico, tomando os devidos cuidados no caso de uma viagem a um local desconhecido)! A Tailândia é imperdível! Beijo

  20. Marcelo disse:

    Fellipe, no inicio de 2013 estive a trabalho na Patagônia chilena e região de Porto mon, também no chile, e pude constatar como e forte a cultura de mochilar. O Chile e um pais surpreendente, estou pensando em retornar nas minhas ferias. Vc teria dicas para essa viagem?

    • Fellipe Faria disse:

      Marcelo, Devo ir a Santiago ainda neste semestre e devo postar alguma coisa sobre a capital chilena. Um outro amigo foi a San Pedro de Atacama e curtiu demais e recomendou a viagem – só alertou para os preços, que costumam ser mais altos que no restante da América Latina. Mas ainda sei dizer pouco sobre o país! Abraço

  21. Cynthia disse:

    Olá, desculpe se eu não tiver procurado bem, mas não achei na maioria dos blogs os viajantes falando sobre valores. Qto vc gastou ao todo nesses 150 dias? Ficou só em hostel e etc ou teve “luxos”? Sinto falta de informações sobre uma média de valores de hospedagens, alimentação e transporte (trens, bus, avião). Obrigada!! ^^

    • Fellipe Faria disse:

      Oi, Cynthia!
      Na verdade não é que você procurou mal, não inseri esses dados por uma série de motivos – o principal deles, evitei me debruçar sobre as minúcias das minhas finanças pra poder relaxar mais e ir vivendo conforme as minhas vontades (com um determinado limite, claro).
      Além disso, evitei indicar valores porque tudo depende TANTO de fatores externos como câmbio, inflação, situação econômica dos países, perfil do visitante do blog… não quis dizer que você gasta R$ 50 por dia em Bangkok porque você pode gastar metade disso (sim, é possível) ou dez vezes mais, dependendo da sua tolerância a sujeira, mais gente no quarto, comida de rua, etc. Imagino que outros mochileiros não deem essas informações pelo mesmo motivo. E como minha intenção é deixar esse blog aqui à disposição eterna de outras pessoas que queiram viver experiências parecidas, de um ano pra outro muda muita coisa.
      Mas pra você ter uma ideia, eu gastei cerca de R$ 22 mil durante toda a viagem. Abraço!

  22. Samuel disse:

    E aí Felipe ?
    Penso em fazer um pequeno Mochilão de 1 mês daqui a algum tempo, quais dicas você pode me dar ? Tem ideia mais ou menos de quanto gastarei utilizando transporte publico, albergues… ?

    • Fellipe Faria disse:

      Samuel,
      A resposta para essa pergunta é muito fácil: DEPENDE!
      Se você for pra Paris, vai gastar MUITO! Se você for pra Tailândia, não vai gastar nem o que dá pra passar o mês no Brasil.
      Então é difícil dar dica sem saber pelo menos o seu destino, quanto pretende gastar, qual época do ano, antecedência, etc.

  23. Olá Felipe, gostei muito da sua viagem, estou pensando em fazer uma de 7 meses em 2015, ainda é uma ideia, estou lendo outros blogs e experiências de pessoas de várias partes do país. Eu estou prevendo um gasto total de R$ 45 mil (incluindo um curso de inglês intensivo no Chipre), você chegou a gastar tudo isso ou eu sou exagerada?

    Abraços!
    Jaqueline Leal

    • Fellipe Faria disse:

      Oi, Jaque! Minha viagem durou “só” 150 dias, mas acho que esse valor é uma boa previsão, já contando com a inflação, o curso e uma margem de segurança em caso de flutuações monetárias. Só não entendi porque você vai fazer inglês por lá (achei que eles falavam grego e turco no Chipre)… cuidado pra não ficar com um sotaque engraçado, hehe!
      Abraço e sucesso em sua viagem! Mande notícias :)

  24. Helena&Mafalda disse:

    Olá!!!!! Somos as gajas lusitanas que conheceram em Bangkok! Perdemo vos o rasto naquela noite na Kosan road! Adicionem nos no Facebook: mafaldagaiola@hotmail.com e sofiamaria182@hotmail.com!
    Beijinhos de Lisboa!

    • nrodrigoreis disse:

      Oi Felipe!!! Grande viagem essa… sou de Lisboa, Portugal, e este ano sou eu que vou fazer o mesmo, mochila às costas e vou eu… obrigado pela dicas, valeu!!
      Abraço

  25. Gabriela disse:

    Felipe eu estou pensando em fazer intercâmbio para Bournemouth, pretendo ir na temporada de verão para poder aproveitar melhor, como vi que você foi gostaria de saber se você gosto e maiores detalhes sobre como realmente é a cidade, obrigado!

    • Fellipe Faria disse:

      Oi, Gabriela!
      Antes de tudo, recomendo ler o post de Bournemouth:
      http://omochilao.com/2012/02/04/um-mochileiro-no-sul-da-inglaterra/
      Agora, mais detalhes sobre a cidade: Bournemouth é um balneário inglês que recebe muitos turistas na temporada de verão (não se empolgue muito com a praia, porque todo mundo contou que as temperaturas máximas não costumam ultrapassar os 25ºC).
      Muitos estudantes (centenas deles brasileiros, inclusive) vivem em Bournemouth, razão pela qual a vida noturna é bem agitada para uma cidade de 100 mil habitantes do interior da Inglaterra. Existe uma lan house que serve quitutes brasileiros para quem quer matar a saudade de coxinha, empadinha, guaraná, Bis e outras guloseimas tupiniquins.
      Há atrações próximas como o Stonehenge, Cardiff (a capital do País de Gales) e Bath, uma antiga colônia romana. Recomendo demais a experiência e uma temporada em B’mouth. Quando for pra lá, não esqueça de contar as novidades por aqui.
      Boa sorte – have a nice trip! =)

  26. Marcos Roberto dos Santos disse:

    Ae Feguipe aproveita ae camarada….pelo que vi no Blog vc está no Sul da Inglaterra, é isso? Quando volta ao Brasil?

    Abraço

  27. Ulisses Okamoto disse:

    Fellipe, curta muito esta experiência, pois eh inesquecível e realizador! Sempre que posso, passo por aqui para dar uma espiada!

    Viva cada momento com todo o seu coração!

    Abraços Ulisses!

    • CRISTIANNE disse:

      Adorei o blog, Felipe.Qual o Hostel que vc ficou em Nova York?Vou pra lá em abril e to precisando de dicas de hospedagem.

      • Fellipe Faria disse:

        Oi, Cristianne! Fiquei no HI-New York, no Upper West Side. É meio caro, mas é bem legalzinho e tem muita atividade programada. Volte sempre!

  28. João disse:

    Adorei o Blog Fellipe, espetacular.
    Parabéns pela iniciativa, e boa sorte!!

  29. luanna disse:

    Olá Fellipe adorei seu blog principalmente a parte da Ásia, pretendo ir à Hong Kong e estava morrendo de medo de passar na alfandêga hehehe afinal serão 40 dias lá! Vou visitar meu pai e aproveitar pra passear pela cidade claro pegando carona nas suas dicas!
    Uma sugestão se possível, coloca o custo médio das coisas tipo: hospedagem, alimentação, passagem de ônibus local etc…
    Valeu Abraços

    • Fellipe Faria disse:

      Luanna, depois vou fazer um post sobre hospedagem e outro sobre alimentação, especialmente para ajudar a galera que vai passar pelos mesmos lugares em que estive. Aguarde e confie! Boa sorte em Hong Kong e depois deixe um recado contando o que achou! Abraço!

  30. Bia Inhudes disse:

    Amei! Deu até vontade de fazer a mesma coisa! Amei, amei, amei.

  31. Fellipe,
    Tenho em mim, o mesmo sentimento de explorar o mundo.
    Descobri por coincidência hoje o teu blog, porque vou de férias pra NYC na próxima semana.
    Vou te acompanhar, aproveitando para tomar vergonha na minha cara e vê se faço algo.

    Sucesso meu caro,
    Abraços

  32. Oi Fellipe…adorei. A proposta, os relatos, as fotografias, as sensações….a gente fica com um gostinho de quero mais. Fiquei rindo sozinha e pensando que essa “mochilada” podia ser bem uma abordagem de Economia em nossos telejornais (lembra?). Beijo grande e tudo de bom, na viagem e sempre. Saudades!

    • Fellipe Faria disse:

      Iluska, minha grande orientadora! Que surpresa e satisfação ler esse comentário… quem sabe eu não dou entrevista para o Jornal Hoje quando eu voltar? É a cara do jornal, hehehe. Espero que eu consiga manter esse gostinho de quero mais até o final do roteiro! Beijo grande e muito obrigado pelo apoio!

  33. Pedro disse:

    Muito legal, cara! Cai aqui por acaso, procurando por outras pessoas que tiveram uma idéia maluca como essa… Boa sorte! Vou ficar ligado no blog enquanto eu decido se embarco nessa… Abs!

    • Fellipe Faria disse:

      Pedro,
      A viagem nem começou e eu já tô achando que vale a pena, hehe… o dificil agora é controlar a ansiedade! Continue acompanhando as novidades do blog e conheça a história de outros mochileiros nos links à direita. Tenho certeza que você vai acabr embarcando!
      Abração!

  34. Sensacional, Fellipe!! Boa sorte na empreitada! O roteiro tá animal!
    Vai ficar qto tempo na estrada e parte qdo?
    Sucesso e quem sabe nos encontramos pelo mundo!
    Fred

    • Fellipe Faria disse:

      Fala, Fred! Bom receber notícias suas. Venho acompanhando há algum tempo sua viagem com a Letícia e os relatos são sempre muito empolgantes pra quem também pretende botar o pé na estrada!
      Embarco no dia 15 de setembro rumo a NY e tô pretendendo ficar “apenas” seis meses lá fora, mas nunca se sabe, né? Tô achando que a gente vai acabar se esbarrando no sudeste asiático, anote aí!
      Grande abraço e muita sorte pra vocês nos próximos destinos!

Comentários, sugestões, dúvidas? Respondo a todos!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s